Lucro do Banco Best sobe 10,4% no semestre para 4,4 milhões de euros


O total de recursos sob custódia atingiu 1,7 mil milhões de euros, tendo o banco mantido " uma posição confortável a nível do rácio de transformação rácio de crédito em depósitos, na ordem de 36%, reflectindo já um crescimento dos volumes de crédito em 9,9% face ao início do ano".

O Best destaca que estes resultados se devem "à excelente performance em diversas áreas de negócio, nomneadamente na distribuição de fundos de investimento estrangeiros", onde lidera com uma quota de mercado de 33%, segundo os últimos dados da CMVM, de Dezembro de 2011, de acordo com o mesmo comunicado. Uma percentagem idêntica à referente à negociação de derivados online, que era, em Junho deste ano, de 32%, acrescenta.

Na actividade desenvolvida, o banco destaca ainda o "forte crescimento no negócio de obrigações devido ao sucesso do Bonds For All", serviço que possibilita a negociação on-line, em OTC, de dívida pública portuguesa, dívida de empresas nacionais, assim como obrigações emitidas por entidades internacionais de renome, e que,desde o seu lançamento tem um volume de transacções de cerca de 300 milhões de euros, metade nos primeiros seis meses deste ano.

Na área internacional, a instituição continuar a desenvolver a actividade de prestação de serviços de gestão de fortunas "num modelo 'white label', destacando-se o Saxo Capital Markets, banco no Reino Unido lançado a 14 de Dezembro de 2011, com funcionamento assente na plataforma Best incluindo IT, operações, processos de custódia e liquidação, transaccionalidade nas operações de 'asset management' e 'trading', entre outros, acrecenta o Best, no comunicado.

Lo más leído