Tags: Latam |

Indústria de fundos conclui 2012 com património líquido de 2,3 biliões de reais


Os fundos de investimento no Brasil terminaram 2012 com um património líquido total é de 2,3 biliões de reais (1,1 biliões de dólares), tendo crescido 16% no ano passado e 139,4% entre Dezembro de 2006 e Dezembro de 2012. No total da oferta das gestoras de fundos no Brasil, constam 12.764 fundos de investimento.

No balanço de 2012 feito pela ANBIMA e apresentado nas primeiras semanas do ano, demonstra-se a evolução da indústria brasileira de fundos que, actualmente, é a sexta maior do mundo depois dos EUA (12,2 biliões de dólares), Luxemburgo (2,3 biliões de dólares), Austrália (1,5 biliões de dólares), França (1,4 biliões de dólares) e Irlanda (1,1 biliões de dólares). O crescimento em dólares de 144,5% entre Dezembro de 2006 e Junho de 2012 está na origem deste posicionamento, dado que o Brasil tem uma participação relativa na indústria de 4,1%. Esta participação tem vindo a aumentar, ao longo dos anos, embora, tenha sido interrompida, no primeiro semestre de 2012, devido à variação de 7,76% no câmbio dólar/real (USD/BRL).

A indústria teve, nos últimos quatro anos, as quatro melhores captações líquidas da história (2009, 86,7 mil milhões de reais; 2010, 113,3 mil milhões de reais; 2011, 99,1 mil milhões de reais e 2012, 91,6 mil milhões de reais), o que contribuiu para que o património líquido dobrasse nesse período, consolidando o posicionamento do Brasil nesta indústria.

Lo más leído