Tags: Latam |

Rendibilidades nominal e real da poupança para o aforrador brasileiro em mínimos históricos


Quanto à rendibilidade nominal da poupança, conforme as regras antigas de cálculo do governo, o rendimento de 0,5% ao mês ou 6,17% ao ano, mais a variação da taxa de referencial, foi de 6,47% no ano passado, tornando-se no menor patamar nominal já atingido pela poupança nos últimos 46 anos.

A rendibilidade real da poupança, descontada a inflação medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), foi de 0,6% no ano passado, segundo informação da Economatica. Este valor é o segundo menor nos últimos dez anos, sendo que apenas se registou um valor de ganho real inferior em 2004, quando o aforrador brasileiro obtinha uma taxa de rendibilidade de 0,4%, descontada a inflação medida pelo IPCA. Por outro lado foi em 2006 que se registou o mais elevado ganho real, 5,10%.

 

 

Lo más leído

Próximos eventos