Tags: Latam |

Instituições financeiras brasileiras detêm mais de 50% do património líquido total da indústria


A gestora do Banco do Brasil tem a maior partipação com 19,2% do património líquido total em fundos de investimento, o que corresponde a um montante total sob gestão de 435 mil milhões de reais, informour Funds People Portugal. Seguem-se o Itau Unibanco, com uma quota de mercado de 14% (317 mil milhões de reais), em terceiro lugar, o Bradesco com 11,3% de participação na indústria (287 mil milhões de reais). Em quarto lugar e a perfazer uma participação superior a 50% no património líquido total da indústria está o Caixa com 7,5%, o que corresponde a 168 mil milhões de reais sob gestão.

No que refere a entidades estrangeiras presentes no mercado brasileiro, o BNY Mellon, o HSBC e o Credit Suisse são as mais representativas na indústria de fundos. O BNY Mellon apresenta um património líquido de 115 mil milhões de reais e uma quota de mercado de 5,1%. O HSBC tem uma quota de 3,9% e 88 mil milhões de reais de activos sob gestão. O Citibank tem uma participação de 3,1% e 70 mil milhões de reais de património líquido.

O património líquido total da indústria ascende a 2.261 mil milhões de reais, dos quais 2.021 mil milhões de reais estão em fundos de investimento e 240 mil milhões em fundos estruturados e 'off-shore'.

Lo más leído

Próximos eventos